Com o avanço das redes sociais como ferramenta de negócios, muitas empresas resumem sua presença digital a esses canais.

Justificativas para isso não faltam: para muitos empreendedores, ter um site profissional ainda parece muito caro, complicado ou desnecessário.

Mas, na prática, todas essas ideias estão erradas. Contar com o próprio endereço na web é mais importante do que se imagina, e pode ser determinante no sucesso de um negócio.

Por outro lado, usar apenas recursos de terceiros para construir toda a sua estratégia de Marketing Digital pode parecer boa ideia, mas deve custar caro a médio e longo prazo.

Veja tudo que precisa saber para implementar um site profissional e transformar as vendas da sua empresa.

5 motivos para investir em um site profissional

Já vimos quais são as principais razões dadas pelos empreendedores que adiam ou relutam em criar um site. Agora é hora de provar porque elas não são boas o suficiente.

Veja 5 motivos claros para deixar o medo de lado e investir o quanto antes no desenvolvimento de um website profissional para o seu negócio:

1. É seu canal exclusivo na internet

As redes sociais são ambientes compartilhados, o que significa que todo tipo de publicação batalha a cada segundo pela atenção da sua persona.

Para uma empresa, isso representa dividir o espaço com concorrentes diretos, memes de todos os tipos, notícias do dia a dia e atualizações de status dos amigos e familiares dos clientes em potencial.

Por outro lado, o site é seu canal exclusivo para convencer e se comunicar com os possíveis clientes. É como se as redes sociais fossem clubes e o site fosse a sua casa.

2. Você tem controle sobre a mensagem

Outro motivo para ter um site e não se limitar às redes sociais e outros canais terceirizados tem a ver com o controle da mensagem que os visitantes verão.

Qualquer site terceirizado segue um modelo padronizado, igual para todas as empresas que o utilizam. Em um site próprio dá para personalizar o layout, o conteúdo e as opções de contato.

3. Fortalece a sua marca

Você conhece alguma marca de grande sucesso que não tenha seu próprio site? Até empreendedores e empresas que baseiam todo seu modelo de negócio nas redes sociais investem em um endereço próprio.

O motivo é a força que isso traz para a marca. Quanto mais conhecida uma empresa fica, mais as pessoas vão procurar por ela no Google.

Os clientes sentem muito mais confiança quando a página de busca mostra um site, e não apenas um perfil no Facebook ou Instagram.

4. Funciona melhor a longo prazo

Nos últimos anos, ficou evidente como a mudança nas regras e algoritmos das redes sociais podem afetar profundamente a estratégia de uma empresa na web.

Catálogos de empresas também podem mudar as regras de funcionamento ou até fechar as operações. A longo prazo, a opção mais segura é mesmo desenvolver um site próprio.

Além de durar quanto tempo você quiser, qualquer mudança de funcionamento será decidida internamente para o próprio bem da empresa, sem regras abusivas ou aumento de custos.

5. Melhora suas vendas

Se há pessoas procurando no Google pelos produtos ou serviços que a sua empresa oferece, é porque há chance de ganhar mais dinheiro com uma boa presença online.

E não há nada como um site para aproveitar esse interesse e atrair as pessoas certas, que tem intenção de compra e o perfil ideal de cliente que o seu negócio precisa.

4 maneiras de usar um site corporativo para aumentar as vendas

Se você pensou “Mas meu negócio é local, não vendo pela internet”, saiba que ter uma loja virtual não é a única forma de usar sua página para vender mais.

Há várias formas de fazer isso, e mesmo empresas locais, ou com produtos altamente segmentados, podem se beneficiar muito de ter o próprio endereço online.

Veja 4 maneiras, diretas e indiretas, de vender mais por meio de um site corporativo:

1. Geração de leads

Um dos grandes problemas de marketing e vendas em empresas de todos os tamanhos é gerar a quantidade necessária de leads para bater as metas.

Um bom site, principalmente quando alinhado a um blog de qualidade, pode se tornar uma verdadeira máquina de geração de leads.

A principal forma de fazer isso é por produzir conteúdo de qualidade, que ajuda os visitantes a entender melhor o que a empresa faz e enxergar valor prático nisso.

2. Compras diretas

A forma mais direta de aumentar as vendas é, sem dúvida, criar uma loja virtual. Nunca foi tão fácil criar e escalar uma operação de vendas de forma digital.

Empresas de todos os segmentos vendem seus produtos e serviços, mesmo os mais técnicos e específicos. Naturalmente, se essa for a sua escolha, terá de pensar em vários aspectos além da criação e manutenção do site em si.

3. Pedidos de orçamento

O meio-termo entre vender online e gerar leads por meio de conteúdo é colocar no seu site uma página ou formulário na qual os visitantes podem pedir um orçamento ou avaliação de um consultor.

Essa prática é muito comum e se encaixa bem no processo comercial de muitos negócios, que decidem adotar uma abordagem direta, mas preferem não iniciar uma operação 100% digital como e-commerce.

4. Fechamento de parcerias

Por fim, há uma forma indireta de aumentar suas vendas por meio de um site: usá-lo como porta de entrada para fechar parcerias estratégicas com outras empresas.

Suas páginas podem servir como vitrine para que outros entrem em contato, ou pode ser seu cartão de visitas quando abordar outro empreendedor. O leque de possibilidades para isso é enorme, e pode ir desde escrever um guest post no blog de outra empresa até promover um evento juntos.

Como melhorar o desempenho do seu site com um blog corporativo

Mesmo o melhor site é incapaz de gerar tráfego e dar resultados sem algum esforço adicional. E não existe forma melhor de atrair visitantes, gerar leads e convertê-los em clientes do que por meio de um blog.

Segundo a Content Trends, 73% das empresas participantes investem em marketing de conteúdo, e apontam uma clara relação entre usar blogs e gerar visitas e leads.

Dá para dizer, sem medo, que um bom blog, com conteúdo relevante e atualizado de forma constante, é o maior aliado do seu site na criação de uma presença online forte e lucrativa.

4 elementos vitais para transformar seu site numa máquina de vendas

Se você já teve um site e não viu resultados, ou conhece alguém que teve uma experiência negativa com a própria página web, pode ser que desconfie quando ouve falar que um site pode aumentar as vendas.

Infelizmente, não é raro ver empresas que até investem por um tempo no próprio site sem os resultados esperados. Não existe apenas um motivo para isso acontecer.

Mas se você der atenção especial aos elementos abaixo, seu site tem tudo para se tornar uma verdadeira máquina de vendas:

1. Conteúdo

Seu site pode ter todos os outros elementos desta lista, mas vai falhar se não oferecer conteúdo relevante para o público-alvo. O que está incluído nisso?

Em primeiro lugar, cada página deve mostrar sua proposta de valor de forma clara e objetiva. Além disso, a linguagem tem de ser fácil de entender e gerar conteúdo para o público.

O conteúdo não se resume a texto, mas inclui todo tipo de imagem, vídeo e outros recursos gráficos usados para informar e convencer os visitantes.

2. Chamadas à ação

Chamadas à ação são convites que estimulam as pessoas que estão na página a realizar alguma ação que ajuda o seu processo comercial como, por exemplo, botões do tipo “compre agora” ou “baixe o material grátis”.

As chamadas à ação precisam ser diretas, dinâmicas e ter bom contraste com o resto da página. Assim, botões de cores vivas e frases persuasivas fazem grande diferença na taxa de conversão.

3. Otimização para sites de busca

Há muitos fatores que fazem grande diferença em como o Google encara e classifica os sites que aparecem nos primeiros resultados de busca. Uma forma de otimizar seu site para atender a estes critérios é usando o SEO On Page.

Páginas leves, que carregam em menos tempo, boas práticas de organização de código e uma série de outras ações podem causar grande impacto.

4. Design responsivo

O design responsivo, quando um site se adapta a qualquer tamanho de tela, também entra nos critérios do Google, mas não é só por isso que você deve considerá-lo prioridade.

Se trata de oferecer uma boa experiência de navegação aos usuários, que usam cada vez mais seus dispositivos móveis para navegar na internet e até fazer compras online.

Contar com um site profissional é um ótimo investimento, desde que ele seja feito por parceiros confiáveis, dê atenção aos elementos certos e seja atualizado regularmente. As empresas que fazem isso já têm colhido excelentes resultados. Agora é a sua vez.

Outro aspecto essencial para o bom desempenho de um site é a sua segurança.